quinta-feira, 19 de abril de 2012

Introdução

A literatura não é matéria escolar, é matéria de vida. A boa literatura problematiza  o mundo, tornando-o opaco e incitando à reflexão. É um desafio à sensibilidade e inteligência do leitor, que assim se enriquece a cada leitura. Busca oferecer inquietação, provoca o leitor, estimula- o a tomar posição diante de certas questões vitais. A literatura propicia a percepção de diferentes aspectos da realidade. Ela dá forma a experiências e situações que, muitas vezes, são desconcertantes para o jovem leitor, ao ajudá-lo a situar-se no mundo e a refletir sobre seu próprio comportamento.
            Se concordarmos em que a escola deve estar mais atenta ao desenvolvimento da maneira de pensar do que à memorização de conteúdos, devemos então admitir que sua função mais importante é propiciar ao aluno atividades que desenvolvam sua capacidade de raciocínio e argumentação, sua sensibilidade para a compreensão das múltiplas facetas da realidade. A escola, portanto, deveria ser, antes de tudo, um espaço para o exercício da liberdade de pensamento e de expressão.  (TUFANO, Douglas , NÓBREGA, Maria José in: Projeto de leitura – Alvares de Azevedo Noite na taverna e poemas escolhidos (de Lira dos vinte anos). Ed. Moderna.

Um comentário:

  1. Texto muito bom, explicativo e faz ensinamentos para vida toda ... um abraço de seus alunos Felipe , Roberto ,Pedro Antonio e Pedro frota

    ResponderExcluir